Pages

sexta-feira, 16 de março de 2012

Peças e...PEÇAS!


Meu filho com apenas 4 anos já é fã de peças e espetáculos teatrais. Nos últimos 3 anos assistimos inúmeras peças. Ele curte todas, mas poucas marcaram, poucas viraram assunto durantes semanas depois. Isto me fez começar a avaliar a qualidade das peças, a qualidade da cultura que ofereço a ele.

Uma vez conversando com outra mãe ela me disse que o filho também já tinha muitos livros: "tem a coleção toda daqueles livrinhos da Disney de banca de jornal". Não a critico e acho válida a motivação de leitura, meu filho também tem estes livros, mas acho a tentativa de resumir filmes/histórias destes livros de baixa qualidade. Faço questão de investir em Ruth Rocha, Ana Maria Machado, Monteiro Lobato, entre tantos outros. Comecei a pensar que a motivação a leitura e o acesso a cultura é importante, mas sua qualidade também.

Percebi e passei a acreditar que o mesmo é importante com as peças teatrais. Pela experiência em peças e espetáculos infantis que tive, os até agora duas produtoras se destacaram muito: Aventurinha e Claudio Figueira Produções.

A Aventurinha responsável por Charlie e Lola e Peixonauta fez um trabalho fantástico com teatro de bonecos e efeitos capazes de transportar até adultos para o mundo da imaginação.

A segunda tem mais anos e uma vasta experiência em peças infantis. A primeira que filhão assistiu eu estava fora, Festa na Floresta, mas fiquei curiosa pela alegria e risadas que acompanharam meu filho enquanto me contava durante dias seguidos trechos da peça. Depois o acompanhei em Loja de Brinqueos da qual falei aqui no blog, colorida, divertida, educativa. Amei as músicas, figurino e história.

Recentemente assistimos Aladim, da mesma produtora. Esta indicaria para crianças um pouco maiores. Meu filho aos 4 e meu sobrinho com 8 amaram a peça. O camelo é fantástico e apesar de enorme não assustou nenhuma criança (O Claudio Figueira parece entender as crianças ). O jargão de um dos personagens "Sim, mestre!" foi repetido pelas crianças durante toda semana quando eu lhes pedia algo. O gênio é muito engraçado e o CD das últimas duas peças não sai mais do rádio rs

O diferencial das peças desta produtora? Atores realmente cantando e dançando, equipe, figurino, músicas. Certamente vou acompanha-los e sempre ficar de olho para ir em suas peças.

Para você que acha não só o contato com a cultura mas sua qualidade importante #ficadica

Ah! E este post não foi pago...indiquei as duas produtoras teatrais apenas por constatar a qualidade muito superior as demais que tivemos contato

Teatro Vannucci
Rua Marquês de São Vicente 52, Shopping da Gávea.
Sáb, dom e feriados, às 18h30. R$60.  Duração: 55 minutos. Livre. 
Outras informações aqui

6 comentários:

Renata Rainho disse...

A Cata contou que levou a filha dela a sua "xará" Ana Maria numa peça que parece bem legal pra crianças pequenas. E concordo contigo nem tudo que é arte, cultura tem qualidade!

Unknown disse...

Minha filha tem 7 anos, um senso crítico aguçadíssimo. Gosta e não gosta e sabe porquê. Desde mto pequena, está habituada a frequentar exposições de arte, lançamentos de livro, orquestras, ballets e peças de qualidade em bons teatros. Desde sempre foi às FLIPs. Fui aconselhada uma vez por uma profissional a tirar o pé, a não levá-la mais a tantos lugares pq tudo aqui em nossa cidadezinha passa a ser considerado medíocre por ela. Temos o cuidado tb de valorizar tudo o que é local. Mas, ela tem direito de achar uma porcaria o que é uma porcaria, seja aqui, seja acolá. Somos fãs da Banda Mirim, da Cia Le Plat du jour, da Cia Malarrumada de Teatro. Mas tb da Banda Mantiqueira, do ballet Stagium, de Antonio Nóbrega, de Arnaldo Antunes etc etc. Amanhã estaremos no lançamento do livro de Antonio Prata / Laerte na Loja Amoreira. Vejo vcs lá? Um abraço!

Anamaria - mãe feliz e babona disse...

Não... estamos em outro estado :-) mas vou olhar suas dicas

Anamaria - mãe feliz e babona disse...

Renata, Cirquinho de Luiza, ótimo para bebês

Mari Hart disse...

"tem a coleção toda daqueles livrinhos da Disney de banca de jornal" Essa foi boa (ou seria péssima!?rs). Muito bom o post, é bem por aí mesmo!

Bjkas!

Laiz disse...

Eu amoooo teatro e acho o máximo levar eles desde cedo pra que eles criem intimidade com o lugar e com a magia das apresentações. Assim como acho de extrema importância o contato contínuo com os livros e as histórias!Adorei o post!!!!!
Bjooooo grandeeeeeeeeeeeeee