Pages

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Bienal do Livro – Dicas para quem vai com crianças

Vou na Bienal do Livro com meu filho desde que ele nasceu. Foi a primeira vez comigo com meses de vida no sling (hoje sei que assim é moleza, quando sentia fome era só dar peito), depois com 2, 4 e este ano agora com 6 anos. Antes já ia com meu sobrinho e irmã.

Acho que posso dizer que sou quase uma expert de bienais acompanhada de crianças.
No primeiro ano, ele pequetito e com dificuldade  de dormir, respeitei mais o seu horário e fui com ele no sling. Certamente o ano mais tranquilo.

Nos outros aprendi a ir com mais calma, respeitar o caminhar e interesse dele. Sempre conversei antes com ele falando de como faríamos. Seguem umas dicas gerais.

1. Se for no final de semana, chegue um pouco antes de abrir os portões. No final de semana a parte da manhã é sempre bem mais tranquila. É nítido o aumento de movimento após o horário do almoço. É comum também a fila para entrar no estacionamento. Assim você ainda consegue também vagas com sombra. (Ninguém merece depois de andar tanto ter o filho chorando na saída porque a cadeirinha ficou fervendo no sol).

2.  Compre os ingressos antecipadamente em um dos pontos disponíveis. É possível também comprar online. Veja mais informações no site oficial da Bienal do Livro. Lembrando que crianças abaixo de um metro não pagam.

3.  Se chegar cedo não se preocupe em pagar o estacionamento antes. As atendentes do posto de pagamento só começam a atender às 10h. Ano passado enfrentei fila para pagar o estacionamento e na hora que sai estava vazio.

4. Comece pelo último pavilhão! A entrada e saída ficam lado a lado. Minha dica é ir direto para o último pavilhão. Lá que costumam colocar as atrações principais. Ano passado a Floresta de Livros estava no último pavilhão, este ano o Planeta Ziraldo, está também no último.

 Na ida se a criança mostrar interesse por algo pare, veja, mas continue seguindo até o último pavilhão. É mais fácil ir retornando aos poucos, do que chegar no último com a  família toda cansada de andar e ter que retornar tudo. Lembre-se também que por volta das 13h começa a aumentar muito o movimento tornando a locomoção mais lenta e difícil.

5. Leve mochilas com lanchinhos. Como meu filho ama comida e tem resistência a lanches, levo suco, algum biscoito ou fruta que ele goste e franguinho em cubos com arroz e feijão. Sentamos e os demais lancham algo enquanto ele come. A mochila após o lanche/almoço fica mais leve e pode ajudar a carregar os livros que comprar.
6. Se for com criança muito pequena leve o sling (ou outro aparato para carrgar o bebê junto ao corpo). Nos dois primeiros anos de Bienal com ele o sling me salvou. O movimento aumentou muito e seria inviável mante-lo no carrinho. O carrinho serviu para carregar os livros pesados.

7. Selecione e marque no mapa o que realmente quer ver, o que achar imperdível. Eu nunca parei para pedir autógrafo apesar do meu filho adorar o Ziraldo. As filas na Bienal costumam ser muito grandes. Se quiserem muito a dica é ir em grupo, enquanto uma mãe segura lugar na fila a outra passeia coma s crianças.

8. Fuja dos encontros mais populares, principalmente de adolescentes. Na Bienal de 2001 fui justamente no dia da Hannah Montana (se não confundi com outra celebridade teen). Ocorreu uma correria de adolescentes que parecia estouro de boiada. Eu literalmente grudei filhão e sobrinho contra a parede de um estande. Agora preto atenção também às celebridades que causam mais comoção para evitar estar no mesmo pavilhão no horário delas. Desculpa Thalita Rebouças! rs

9. Existe uma promoção que reembolsa metade do ingresso quando você realizar compras acima de R$70,00. Os estandes que participam da promoção estarão sinalizados.

10. Vale procurar promoções! No último pavilhão costumam ter livros mais simples ou de contos de fada tradicionais a valores muito em conta. Comprei nas anteriores 3 livros do Charlie e Lola por um valor muito em conta e na de 2011 comprei a coleção completa do Sítio do Pica Pau Amarelo pela metade do preço no estande da Editora Globo.

Irei no sábado seguindo estas dicas. Quem for antes e souber de promoções e outras dicas por favor envie e eu publicarei. Prometo retornar falando o que vimos e os achados de sábado.

Boa Bienal!

* Agradeço a Patricia Cunha e Flavia Oliveira que deram a dica de comprar antecipadamente e de levar a mochila (quando não usar mais carrinhos)









Um comentário:

melissa disse...

Ótimas dicas Ana!
Iremos nodomingo!